13 julho, 2018

Olá a todos!
Nem sei quando foi a última vez que postei aqui, mas percebi que meu último post, nem meu não era.

Eu caí naquele ciclo vicioso do “não tá bom ainda, depois eu faço, não é isso que eu queria fazer…” e por aí vai.

E no final das contas, eu acabava não fazendo nada.

Cada dia que passava desse mais de ano, eu pensava “Esse post não, essa idéia não” e o eu acabava deixando passar várias coisas bacanas que poderia ter compartilhado porque não tinha essa idéia perfeita ou a foto perfeita ou a ilustração perfeita para o post.

Mas a verdade é, no meio de todas as redes sociais com algoritmos malucos, esse é o único espaço que é realmente meu, que algoritmo nenhum vai me jogar pra baixo, e quem vai vir aqui visualizar, é porque realmente quer.

Por isso, quero retomar meu espaço, mesmo sem ser perfeito, mesmo sem a foto ou a ilustração perfeita. Só um espaço pra dividir, pra tentar tirar da cabeça, pois as idéias estão começando a me consumir, por eu não colocá-las para fora de alguma maneira, nem que seja em palavras, para o mundo. Quem sabe alguém compartilha disso comigo, não é mesmo?

Não é a foto perfeita, nem a idéia ou o texto perfeitos, mas se eu não começar em algum momento, não começarei nunca!

20180713_112406-01



13 abril, 2017

Oláááááás a todos. Me levantando das cinzas como uma fênix – para falar sobre Faber-Castell!

Porque é assim que me sinto voltando à esse blog depois de tanto tempo.
Eu não queria ter parado, mas várias coisas aconteceram no ano passado e tive que ver minha lista de prioridades, e infelizmente, esse espaço ficou de cantinho.

Mas ultimamente tem acontecido umas coisas tão legais que eu fiquei empolgada para correr aqui e contar tudo, pois algumas delas são meio surreais e parece até que não aconteceram.

Uma delas foi o convite que recebi para visitar a fábrica da Faber-Castell, em São Carlos.

Tenho que admitir, não estava preparada para um convite desses. Tanto é que achei que fosse algum trote, e assim que desliguei o telefone, comecei a pensar “Que louca eu sou, como eu fiz isso? E se for mentira? E se for um sequestrador?” E mil e outras coisas do tipo.

Mas aí uns 3 dias depois, a Isadora Zeferino (iustradora incrível e pessoa mais fofa ever) me chamou no Messenger, super feliz, perguntando se era verdade que eu ia também na Faber-Castell, pois ela e o Daniel Wu também iriam.

20170324_211812Com a pessoa mais fofa desse mundo, e ilustradora incrível, Isadora Zeferino.

Primeira reação: Alívio, afinal, não era um trote.
Segunda reação: euforia fora de controle, afinal, era um convite real, e eu ainda descobri que iríamos em um ônibus onde praticamente todo mundo se conhecia.
No final da contagem, os ilustradores eram Alef, Raissa Bulhões, Martha, Daniel Wu, Rodrigo Falco, Gabriel Picollo, Keiko, Isadora Zeferino, Daniel Wu e eu.

20170324_210141Turma do fundão <3
Raissa Bulhões, Isadora Zeferino, Gabriel Picolo, Alef Vernon, Rodrigo Falco, Keiko, Daniel Wu, Marta Carvalho

20170324_210655

Agora que já se passou um tempo, parece que não aconteceu, foi aquela sensação de sonho, afinal, a Faber-Castell é simplesmente a marca que me acompanha desde criança.

E além de conhecer a fábrica, ver como os produtos são feitos, desde a escolha do pigmento, testes de toxicidade, produção, embalagem, tudo, ainda tive a oportunidade de passar um dia acompanhada de pessoas incríveis que só fizeram desse dia ainda mais especial.

20170324_210810

20170324_210518

20170324_210922

Parecia excursão de escola, a melhor que já tive, sem dúvida.
Obrigada a todos pelas risadas, eu poderia passar muito mais momentos com todos vocês, pessoas incríveis, meu abraço e meu carinho, e espero repetir a dose.

20170324_212810

20170324_214106
MAteriais-FaberCastell.jpgAlguns dos presentes incríveis que ganhamos <3

Vou levar no coração esse momento, e não tenho nem palavras para agradecer ao pessoal da Faber-Castell por me deixar fazer parte dessa escolha de artistas e por ter me trazido várias lembranças da minha infância, quando eu carregava embaixo do braço, meu caderninho e minha caixa de lápis de cor.
E agora, quem faz isso, é meu filho.

Esse ciclo é lindo e mágico

Obs: Um agradecimento extra à Isadora Zeferino e ao Daniel Wu, que me ensinaram a jogar Black Stories e que agora estou viciada.

Obs: Guilherme, Rosângela e Diogo, obrigada por esse dia mágico.



1 agosto, 2016

WorkshopSabrinaBrasilia01

Olás, Olás.

Tudo bem com vocês?

Euzinha passei os últimos 05 dias de molho. Sério. De castigo, sem poder desenhar, pintar, fazer NADA!
Já estava pirando muito, injuriada!

O que aconteceu foi o seguinte.
Eu tenho a pele seca por natureza, por isso tenho que usar muito creme hidratante. Por conta disso, os cotovelos ficam sempre uma coisa muito bizarra no inverno.

E dessa vez, passou do ponto. A pele do meu cotovelo direito estava tão seca que deu uma dermatite e INFLAMOU!!!
Eu juro que não sabia que isso era possível. Meu cotovelo parecia um peito, de tão inchado que estava, fora a dor INSUPORTÁVEL.

Eu não conseguia esticar ou dobrar o braço e não tinha força pra fechar meus dedos pra segurar o lápis ou o pincel.

Por isso, deixo aqui meu conselho: “SEMPRE HIDRATEM SEUS COTOVELOS”!

Mudando de assunto, para uma coisa muito boa por sinal, venho aqui hoje para divulgar meu Workshop de Aquarela em Brasília!

WorkshopSabrinaBrasilia
Estou muito feliz com esse workshop, pois finalmente poderei levar tudo o que ensino pro pessoal aqui em São Paulo pra Brasília.
Já fui pra Brasília quando era criança, mas não tenho lembranças de lá, por isso, estou considerando que essa é minha primeira vez por lá.

Quem está organizando esse workshop é a Cynthia Gomes (que tem um canal de artes e ilustração no YouTube), e quem quiser passar o dia comigo, aprendendo aquarela e pintando, tem que mandar um e-mail pra ela no cyngodoy@yahoo.com.br

O workshop será no dia 03 de setembro, das 09h às 17h.

 

Espero vocês lá <3
Bjsssssssssssssssss

 

PS: quem quiser saber sobre outros cursos e workshops, inclusive online, não esquece de passar na minha página.